Recent Posts

O que é Requisito Inverso

requisito-inverso-engenharia-de-software-engenharia-de-requisitos

Talvez tão importante quanto formalizar-se “o que deve ser feito”, é formalizar-se “o que não deve ser feito”.  E quando estamos lidando com escopo de um software, isso é crítico.

Teoricamente (e na prática também, em vários casos), formalizar apenas o que deve ser feito é algo que resolve o problema, pois entende-se, naturalmente, que somente aquilo que está escrito deve ser feito.

O que não está escrito, obviamente, não se aplica, é escopo negativo, ou item que está fora do escopo, não devendo ser feito. (more…)

O que é Scrum?

Neste post vamos falar sobre Scrum, obviamente. 🙂

Vamos abordar os aspectos principais deste famoso framework de trabalho, mas vamos analisar também alguns pontos que muitos profissionais não enxergam sobre a aderência do Scrum, a viabilidade, forma de empregá-lo etc.

Como sempre recomendo aos meus alunos, leitores e colegas de trabalho, quando falamos em tecnologias, ferramentas, modelos de processo, frameworks (de software ou de produção), sempre devemos aplicar senso crítico em nossa avaliação. (more…)

Controle de Versão e Requisitos de Software

Quando falamos de Controle de Versão de Requisitos de Software muitos profissionais “estranham” um pouco, pois na nossa cultura de produção de software, o controle de versão geralmente é mais aplicado ao modelo de código fonte e ao software executável produzido a partir deste modelo.

Produzir software é um processo de refinamento contínuo, que se dá através da produção de modelos em diferentes níveis de abstração. Obs.: sobre refinamento contínuo podemos ver um pouco mais aqui.

Então, produzimos um modelo em um nível de abstração específico, para algum outro profissional produzir outro modelo a partir deste, em um nível de abstração mais “próximo” do que o software será “de fato” (“de fato” = software executável). (more…)

O cliente difícil e a definição de escopo

“Quem nunca” precisou definir escopo de um sistema, e se deparou com um cliente complicado, impositivo, “difícil”?

Em projetos de software isso ocorre com alguma frequência, e é um desafio que todo bom Analista de Sistemas precisa saber lidar para ter sucesso ao definir escopo junto aos seus usuários.

Seria muito mais fácil se pudéssemos escolher com quais usuários queremos trabalhar, quais clientes queremos atender. Mas na vida real isso não ocorre desta forma, e trabalhar as virtudes é essencial para superar esse desafio.

(more…)

A importância da boa documentação de software

Documentação de Software

/* Quando falamos da importância da boa documentação de software, em projetos desta natureza, a imagem acima é talvez a melhor ilustração. É uma imagem “batida”, mas é sempre bom revisitá-la. */

Em projetos de software, quando ha especificação antes da construção, é muito comum o nível da documentação não estar bom, e isso gerar efeitos muito ruins no projeto. (more…)

Modelagem de Software é Viável? Fazer ou não fazer? Reflexão

/* Trecho de um Hangout ao Vivo do curso Engenharia de Requisitos na Real sobre Modelagem de Software  */

Contexto

Neste tópico há uma breve reflexão sobre a viabilidade de se fazer Modelagem de Software, ao invés de partir direto para a construção, por exemplo. Foi um ponto relevante em uma análise junto a alunos do nosso curso de Engenharia de Requisitos. (more…)

A importância do Analista de Requisitos

Analista de Requisitos - importancia-analista-requisitos-engenharia-software-1Vamos falar um pouco sobre a importância do profissional responsável pela modelagem dos requisitos.

Aqui vamos chamá-lo de Analista de Requisitos, considerando a nomenclatura mais utilizada nas empresas aqui no Brasil, para este profissional.

O Analista de Requisitos talvez seja o profissional mais relevante do processo de produção de software.

Eu realmente acho que é! Vamos entender melhor isso. (more…)