Modelagem de Software é Viável? Fazer ou não fazer? Reflexão

Modelagem de Software

/* Trecho de um Hangout ao Vivo do curso Engenharia de Requisitos na Real sobre Modelagem de Software  */

Contexto

Neste tópico há uma breve reflexão sobre a viabilidade de se fazer Modelagem de Software, ao invés de partir direto para a construção, por exemplo. Foi um ponto relevante em uma análise junto a alunos do nosso curso de Engenharia de Requisitos.

Escopo Aberto x Escopo Fechado

Sem dúvida que, em projetos de Escopo Fechado não fazer modelagem de software, independente do nível de detalhe abordado ou disciplinas aplicadas (Modelagem Funcional, Comportamental, Estrutural etc.), é suicídio.

Em projetos de escopo aberto há mais espaço para trabalhar em ciclos de feedback contínuo e para compartilhar riscos entre cliente e fornecedor.

Todavia, é uma reflexão fundamental para os profissionais da área de software!

Afinal, ganha-se ou não fazendo modelagem? O que realmente é ruim ou bom neste tipo de prática? Porque alguns acham bom, outros ruim, ou muitos mudam de ideia conforme o “andar da carruagem”?

Grande abraço!
Engenharia de Software